Artigos

Aumente a eficiência de seu corpo e melhore seu desempenho desportivo - o método da parada de respiração

Se quer aumentar a eficiência do corpo e melhorar seus resultados, temos um método excelente e comprovado para você, que é prender a respiração, sobre o qual Patrick McKeown escreve no livro “A vantagem do oxigênio” (“The Oxygen Advantage”).

Prender a respiração, um método que era praticado há milhares anos pelos nossos ancestrais, por exemplo, mergulhando para encontrar comida, eles podiam facilmente ficar debaixo de água por muito tempo sem acesso a equipamentos de oxigênio.  O que antes era uma prática natural, agora foi comprovado cientificamente.

Praticando os exercícios da parada de respiração em seus treinos, você será capaz de melhorar significativamente seus resultados, pois eles têm muitos benefícios:

  • você vai melhorar a capacidade de transportar o oxigênio no corpo e, assim, aumentar sua oxigenação = melhor forma
  • vai atrasar o início dos sintomas de cansaço
  • vai reduzir a falta de ar
  • vai melhorar a qualidade do sono, o que lhe dará mais energia e vai precisá-lo menos = mais tempo
  • vai aumentar a sua concentração, o que é muito importante, por exemplo, durante os jogos ou na aprendizagem
  • será capaz de manter a sua aptidão física no nível adequado (mesmo após uma lesão ou uma pausa mais longa do exercício)

As pesquisas mostram que parar de respirar durante o exercício tem os mesmos efeitos que o treinamento em alta altitude ou exercício de alta intensidade , mas este treinamento pode ser usado por mais pessoas e não sobrecarrega mais o corpo do que os outros dois.

Tudo trata-se de reduzir a quantidade de ar nos pulmões, parando a respiração e fazendo com que o corpo reaja ao aumento do nível de dióxido de carbono, que aumenta a quantidade de glóbulos vermelhos (eles são responsáveis pelo transporte de oxigênio para os órgãos e músculos em funcionamento) em até 10% e provoca contrações mais fortes do baço – órgão que libera mais glóbulos vermelhos naquele momento – o que resulta em melhor oxigenação do corpo. Quanto mais glóbulos vermelhos, mais oxigênio é transportado e, portanto, há mais energia para os músculos em atividade.

Uma falta momentânea de oxigênio durante um exercício tem um efeito benéfico, pois aumenta a resistência do corpo a várias cargas extremas. Se acostumar o seu corpo ao isso durante o exercício, mais tarde reagirá da maneira certa e o grande cansaço nos últimos minutos da competição não anulará a sua vitória.

Esta simulação de treinamento de montanha com a parada de respiração pode ser feita em praticamente qualquer lugar durante uma caminhada e não deve levar mais de 15 minutos. Lembre-se sempre de que cada prenda da respiração deve ser precedida por uma expiração suave e que, durante o exercício, respiramos apenas pelo nariz.

COMO SE EXERCITAR?

  1. Comece caminhando devagar, de forma constante por um minuto, respirando suavemente, depois expire suavemente e aperte o nariz com os dedos.
  2. No ponto em que sentir uma necessidade moderada ou forte de respirar, solte o nariz e comece a respirar normalmente (nos primeiros 15 segundos, o ideal é limitar-se às respirações curtas).
  3. Continue caminhando por 30 segundos, depois expire novamente e prenda a respiração como antes.
  4. Repita todo o exercício 8 a 10 vezes.

O mesmo exercício pode ser realizado durante a corrida ou jogging:

  1. Aqueça o corpo correndo de 10 a 15 minutos.
  2. Após esse tempo, quando seu corpo estiver aquecido, expire e, como ao caminhar, prenda a respiração até que apareça a necessidade (forte ou moderada) de respirar.
  3. Inspire e continue jogging ou corrida por um minuto enquanto respira normalmente.
  4. Quando a respiração se acalmar, repita o exercício novamente prendendo a respiração (repita o exercício de 8 a 10 vezes).

O mesmo exercício pode ser incorporado em sessões de treinamento, como ciclismo ou natação. Depois de um aquecimento adequado, você deve expirar lentamente e prender a respiração por cerca de 5-15 voltas com os pedais (tudo depende de nossas habilidades) e, em seguida, retornar à respiração normal e também repetir o exercício de 8 a 10 vezes. Quanto à natação, após o aquecimento, prenda também a respiração por algumas braçadas, depois respire normalmente até normalizar a respiração e repita o exercício.

ATLETAS EXCELENTES QUE USAM EXERCÍCIOS RESPIRATÓRIOS

A prova da eficácia desse método é o atleta brasileiro Joaquim Cruz, que, usando a parada de respiração durante os treinos, tornou-se campeão olímpico em 1984, estabelecendo assim um novo recorde olímpico, e também obteve a medalha de bronze no Mundial de 1983. e também estabeleceu um recorde brasileiro de 800 metros.

 Outro grande exemplo é Mary Decker, atleta americana e medalhista de ouro de 1983. Ela estabeleceu muitos recordes mundiais de 1.500 e 3.000 metros, incluindo 6 em um ano!

Vale destacar também que o corredor Emil Zátopek, quatro vezes medalhista de ouro olímpico, 18 vezes recordista mundial e tricampeão europeu, considerado um dos melhores atletas de todos os tempos, também utilizou o método de prender a respiração nos treinos, o que, como vocês podem ver, trouxe ótimos resultados .

Pesquisas científicas e os melhores atletas confirmam o facto de que reduzir a quantidade de oxigênio leva a mudanças benéficas no organismo, que por sua vez trazem um melhor resultado.

Veja os outros artigosw

Article 1 PR
Article 11 PR
Article 20 PR